top of page
Buscar

TEMA PARA O ANO – DEZEMBRO

MULHER CRISTÃ FIRMADA NA ROCHA A CAMINHO DO CÉU


“Pois isso está na escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será, de modo algum envergonhado.” (I Pe 2:6 – ARA)


SUGESTÃO DE ESTUDO PARA REUNIÃO DE MULHERES NO MÊS DE NOVEMBRO


CELEBRANDO AS INCONTÁVEIS BÊNÇÃOS DE DEUS


O apóstolo Paulo nos instrui: “Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.” (I Ts 5:18 – NVI).


E no Salmo 100, encontramos: “Celebrai com júbilo ao Senhor, todas as terras.” (ARA)


ONDE ESTÁ A NOSSA SEGURANÇA EM TEMPOS DE TEMPESTADES?

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as observa, será comparado a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. Desceu a chuva, vieram as torrentes, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela não caiu; pois estava edificada sobre a rocha.” (Mt 7:21-27 – NVI).

Minha irmã, sua casa não caiu! Aleluia! Apesar das torrentes, dos ventos que sopraram, da pandemia que assolou o planeta, “sua casa não caiu”, porque você está firmada na Rocha que é Cristo. Aleluia!

Em todo o tempo, em qualquer circunstância, Deus é Soberano e está no controle de todas as coisas. Cabe a nós meditar nessa verdade constantemente. Dizer com toda a convicção que Deus é Soberano. Por meio de Jesus, “portanto, ofereçamos continuamente a Deus um sacrifício de louvor, que é fruto de lábios que confessam o seu nome” (Hb 13:15 – NVI).


No Salmo 50:23, lemos: “Quem me oferece sua gratidão

como sacrifício honra-me e eu mostrarei a salvação de Deus

ao que anda nos meus caminhos” (NVI).


LEMBRAR O CUIDADO DE DEUS

Retrospectiva é uma das palavras que mais repetimos quando se aproxima o final do ano. Começamos a pensar em tudo aquilo que gostaríamos de ter feito e não fizemos. A visita a um parente, a carta de encorajamento a uma missionária, um telefonema a uma amiga; enfim, dizemos que não deu tempo! Não conseguimos! São tantas as desculpas que apresentamos e muitas promessas feitas de que no próximo ano não será assim.

Faz parte de uma disciplina pessoal, por exemplo, ter um caderno chamado diário da alimentação, quando alguém está se reeducando para perder peso. Ali você anota tudo o que comeu, em que horário comeu, quanto comeu. Quão positivo e gratificante será se, a cada dia do ano, escrevermos no nosso DIÁRIO DE BÊNÇÃOS todo o cuidado que Deus tem dispensado sobre nós e nossa família!

Falar como o salmista: “Bendiga o Senhor a minha alma! Não esqueça nenhuma de suas bênçãos” (Sl 103:2 – NVI). E, em outro texto, somos lembrados: “Como é bom render graças ao Senhor e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo; anunciar de manhã o teu amor leal e de noite a tua fidelidade” (Sl 92:1-2 – NVI).


O QUE AGRADECER

- Agradecer a Deus, em primeiro lugar, pela maior de todas as alegrias, de todas as bênçãos: o amor Dele por cada um de nós, trazendo-nos a Salvação em Jesus Cristo e a presença do Seu Santo Espírito, habitando em nós, nos consolando.

- Agradecer porque Deus luta por nós as nossas lutas e vence por nós as nossas guerras. Quando deixamos que Ele faça isso ninguém sai ferido. - Agradecer o pão de cada dia, a vida e a saúde, a paz, os livramentos, o sustento financeiro e todas outras aparentemente pequenas e grandes coisas.

No Salmo 50:23, lemos: “Quem me oferece sua gratidão como sacrifício honra-me e eu mostrarei a salvação de Deus ao que anda nos meus caminhos” (NVI). É importante ser grato. A gratidão é uma das maiores e mais belas virtudes do ser humano. Anda ao lado de amor, bondade, perdão, generosidade, misericórdia, verdade, humildade, outras também nobres virtudes e que são frutos da nossa intimidade com o Pai.

Para entendermos a importância da gratidão, basta que pensemos na ingratidão que é um “vício” (contrário de virtude) e um grande defeito. A ingratidão é algo que dói, fere a alma da gente. Entristece o coração de Deus. Por muitas e muitas vezes, o povo de Deus foi ingrato, desobediente, sofrendo as consequências disso. “O Senhor, o Santo Deus de Israel, diz ao seu povo: Se voltarem para mim e ficarem calmos, vocês serão salvos, fiquem tranquilos e confiem em mim, e eu lhes darei a vitória. Mas vocês não quiseram fazer o que eu disse”. (Is 30:15 – NVI).

Na carta aos Hebreus capítulo 13 verso 15, lemos: “Por meio de Jesus, portanto, ofereçamos continuamente a Deus um sacrifício de louvor, que é fruto de lábios que confessam o Seu Nome” (NVI). Viver em gratidão é apresentar a Deus um sacrifício de louvor. É honrar a Deus com o nosso falar, nosso viver, nossos pensamentos e nossas ações. Gostaria de lhe convidar a fazer uma reflexão, pensando neste último ano e alguns meses, neste tempo de pandemia da Covid-19, quantas coisas boas lhe aconteceram? “CONTA AS BÊNÇÃOS, conta quantas são recebidas da Divina mão”.

Que Deus aumente a nossa fé e a nossa gratidão, em nome de Jesus.


Celma Morais

ICE Central de Anápolis

ANO XXXI SET - DEZ/2021 Nº101


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page