top of page
Buscar

TEMA PARA O ANO - MAIO

“ESFORÇA-TE, E FAZE A OBRA!” (I Cr 28:10b)


“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças...” (Ec 9:10a)

“E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração,

como ao Senhor e não aos homens...” (Cl 3:23).

SEJA UMA LÍDER POSITIVA ENTRE AS MULHERES

O exemplo de Miriã

“A profetisa Miriã, irmã de Arão, tomou um tamborim, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamborins e com danças. E Miriã lhes respondia: Cantai ao Senhor, porque gloriosamente triunfou e precipitou no mar o cavalo e o seu cavaleiro.” (Êx 15:20 – ARA)

Nunca se discutiu tanto, como nos dias atuais, o papel do líder e as consequências de sua gestão, onde quer que ele esteja inserido para exercer seu papel. É fonte de discussão, também, a pressão que os colaboradores têm sofrido para que as metas propostas sejam atingidas e, nesse contexto, o líder precisa ir além da simples tarefa de projetar algo e chefiar, ele deve oferecer aos seus liderados o melhor caminho para a conquista dos planos delineados.


Embora saibamos que cada líder possui características e habilidades específicas, no entanto, alguns requisitos são fundamentais para que ele tenha êxito na sua função e naquilo que se propõe alcançar.


Assim, líderes de excelência nunca trabalham sozinhos, estão abertos a sugestões, delegam funções, pois acreditam no potencial de sua equipe; são inovadores e criativos, o que lhes permite, nas situações adversas, encontrar uma boa alternativa; são carismáticos, tornando o ambiente de trabalho muito mais agradável; e são fonte de motivação para todos os seus liderados, pois são capazes de influenciá-los a aderirem à sua causa e alcançar os objetivos.


Nesse cenário, a profetisa Miriã mostra para nós, mulheres, um exemplo a seguir. Suas aptidões e peculiaridades como líder já deram os primeiros sinais ainda muito jovem, quando, diligentemente, vigiou, à distância, seu irmão Moisés, colocado em um cesto, dentro do Rio Nilo, para fugir do decreto desumano de Faraó (Ex 2:7). Ela, com sua perspicácia, foi capaz de convencer a princesa egípcia a seguir seu plano.


No texto em destaque (Êx 15: 20), Miriã ainda evidencia outras características de uma liderança positiva. Ela, com toda sua energia, apesar da idade, além de guiar, influenciou as mulheres a celebrar, com danças e cânticos, o milagre da travessia do Mar Vermelho, em solo seco, quando Faraó, arrependido de sua decisão, perseguia o povo hebreu, que fugia da escravidão!


Miriã, atenta aos propósitos de Deus, destacou-se pela disposição em servir, não perdendo momentos oportunos, dados a ela pelo Senhor, para inspirar, guiar, motivar, instruir e influenciar os que a cercavam.


Portanto, é importante que nós, mulheres, que exercemos a liderança, seja como profissional ou em algum ministério na igreja (e, em alguns casos, por variados motivos, como líder no lar), sigamos o exemplo da profetiza Miriã: primeiramente, confiar nas promessas do Senhor; ser corajosa diante das adversidades, bondosa com o próximo; ser instrumento de motivação para alcançar os objetivos propostos e, acima de tudo, um modelo a ser serguido!


Infelizmente, a história de Miriã possui um capítulo bem desagradável, narrado em Números 12. Ela e seu irmão Arão falaram mal de Moisés com arrogância e inveja de sua relação com Deus e de sua posição de autoridade diante do povo. O Senhor viu as críticas deles e o que estava em seus corações e chamou os dois, junto com Moisés, para uma “conversa de pé de orelha” na Tenda do Encontro (o Tabernáculo).


Deus esclareceu como é que Ele lidava com um profeta, falando através de visões e sonhos, mas que, com Moisés, era diferente: com ele o Senhor falava cara a cara, sem enigmas. Além de mostrar o destaque da posição de Moisés, Deus disse a Arão e Miriã: “Por que não temeram criticar meu servo Moisés?” (Nm 12:8b – NVI). Então a nuvem do Senhor se retirou e, quando olharam, perceberam que Miriã estava completamente leprosa. Arão e Moisés oraram, pedindo que sua irmã fosse curada, e o Senhor os atendeu. Contudo, insistiu que ela ficasse sete dias fora do acampamento, em isolamento, como mandava a lei, antes de poder voltar ao convívio das pessoas. E o povo não pode continuar a viagem enquanto Miriã não voltou.


A Bíblia é a Palavra de Deus e com ela aprendemos, por meio dos exemplos dos personagens bíblicos, como devemos viver e como não devemos viver. Na primeira parte da história de Miriã, vemos essa mulher aproveitando as oportunidades para ser uma líder positiva. Já na segunda parte, desvendamos o que ela fez, baseada em sentimentos maus, abrigados em seu coração, no uso da língua de forma ferina (mesmo que camuflado por supostos objetivos espirituais) e como isso feriu o grande e manso líder Moisés, seu irmão. Aquela atitude, se não tivesse sido corrigida pelo Senhor, teria sido catastrófica para todo o povo de Israel, um exemplo para que outros fizessem o mesmo.


Ela estava deixando de ser uma líder positiva para ser uma líder negativa. No entanto, o Senhor brecou isso e a corrigiu. A lepra e o castigo dos sete dias fora do acampamento foram sinais tão visíveis para todos quanto tinham sido a fofoca e o falatório provocado por Miriã. Com isso, todos aprenderam a lição. Assim como Miriã marcou sua geração exercendo uma liderança positiva no início de sua vida e ministério, vamos marcar também a nossa! E que, a partir do que aconteceu de errado na vida de Miriã, como líder, possamos aprender lições preciosas e nos atentar para os perigos de nos rebelarmos contra a liderança colocada por Deus, de nos entregarmos a críticas e fofocas, de abrigarmos no coração orgulho, inveja, arrogância e outros pecados que possam corromper nossa liderança e fazer com que sirvamos de tropeço ao invés de bênção para a comunidade onde servimos.


Que o Senhor tenha misericórdia de nós e que temamos a Ele em tudo que fizermos e falarmos!



A Bíblia é a Palavra de Deus e com ela aprendemos, por meio dos exemplos dos personagens bíblicos, como devemos viver e como não devemos viver.


ISVETLANE DA COSTA CABRAL DIAS

Tesoureira Nacional de Mulheres em Ação

Revista Diadema Real

ANO XXX MAI – AGO/2020 Nº 97

55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page