top of page
Buscar

O ÚNICO SENHOR DE TODAS AS COISAS


“Teu, Senhor, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu, Senhor, é o reino, e tu te exaltaste por chefe sobre todos. Riquezas e glória vêm de ti, tu dominas sobre tudo, na tua mão há força e poder; contigo está o engrandecer e a tudo dar força. Agora, pois, ó nosso Deus, graças te damos e louvamos o teu glorioso nome. Porque quem sou eu, e quem é o meu povo para que pudéssemos dar voluntariamente estas coisas? Porque tudo vem de ti, e das tuas mãos to damos. Porque somos estranhos diante de ti e peregrinos como todos os nossos pais; como a sombra são os nossos dias sobre a terra, e não temos permanência” (I Cr 29:11-15 – ARA).


O rei Davi já estava no final de seus dias quando escreveu essa oração de louvor, gratidão e adoração ao Senhor. Ele havia lutado em muitas guerras, obtendo expressivas vitórias. Naquele momento o rei habitava em seu belo palácio e o Senhor lhe havia dado descanso de todos seus inimigos (II Sm 7:1). Davi se encontrava numa situação de conforto e segurança, mas sentiu-se incomodado julgando que aquilo não era justo, pois a Arca da Aliança, símbolo da presença de Deus, se achava numa simples tenda. Então, decidiu construir um Templo para a adoração ao Único Deus. Mas seu intento, embora sincero, lhe foi negado pelo Senhor. Seu filho Salomão e sucessor do trono, assumiria essa responsabilidade, conforme determinação do Senhor (II Sm 17:12,13). Contudo, nem por isso Davi deixou de se esforçar para que o projeto fosse grandioso e digno da honra que pretendia oferecer ao Senhor. Ele obteve materiais em ouro, prata, bronze, madeira, pedras preciosas e recursos suficientes para a realização daquela grandiosa construção. Em I Crônicas 29:3, Davi declara todo amor que sentia pela Casa do Senhor: “E ainda, porque amo a casa de meu Deus, o ouro e a prata particulares que tenho dou para a casa de meu Deus, afora tudo quanto preparei para o santuário...”. Nessa oração de Davi, podemos observar alguns aspectos do Deus Único e Verdadeiro.


Vejamos:


O PODER... Deus é Onipotente, o Criador de todas as coisas, o Senhor do Universo. “O Senhor fez a terra pelo seu poder; estabeleceu o mundo por sua sabedoria e com a sua inteligência estendeu os céus” (Jr 10:12). “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Esse Deus todo-poderoso pode habitar no coração daquele que, com um simples gesto, se humilhar perante Ele, reconhecendo-o como Único Deus e Senhor.


A GRANDEZA... O profeta Jeremias, ao fazer um contraste entre Deus e os ídolos, escreveu: “Ninguém há semelhante a ti, ó Senhor; tu és grande, e grande é o poder do teu nome” (Jr 10:6). Não há ninguém, nem todo o poderio deste mundo, nem um reino sequer, nem governos ou qualquer pessoa, por mais rica, influente e poderosa que seja, de perto ou de longe, que possa se comparar ao Senhor. No Salmo 144:4, Davi escreveu que o homem, diante de Deus, é semelhante a um sopro e seus dias, como a sombra que passa.


A HONRA... Na Bíblia há a história de um rei que se vestiu esplendidamente com seu traje real, assentou-se em seu trono majestoso e fez um belo discurso para seu povo. Os súditos gritavam: “é um deus!” O rei, “se achando o máximo”, não deu a glória devida ao Senhor e, ali mesmo, foi ferido por um anjo e comido por vermes (At 12:23). Há muitos por aí como esse rei: arrogantes e adoradores de si mesmos. “Pois todo o que se exalta será humilhado, e o que se humilha será exaltado” (Lc 14:11). Toda honra e glória devem ser dadas ao Senhor: “Assim, ao Rei eterno, imortal, invisível, Deus único, honra e glória pelos séculos dos séculos” Amém!” (I Tm 1:17).


A VITÓRIA E A MAJESTADE... Davi conhecia bem o significado da palavra vitória. Com a ajuda do Senhor, enfrentou ursos, leões, gigantes, perseguições e exércitos poderosos, obtendo inúmeras vitórias. “É ele quem dá grandes vitórias ao seu rei e usa de benignidade para com o seu ungido, com Davi e sua posteridade, para sempre” (Sl 18:50). Quantas de nós enfrentamos lutas imensuráveis! Batalhas físicas e espirituais... muitas, de certa forma, parecidas com as que Davi enfrentou, na vida pessoal, na família, no trabalho, na sociedade, entre amigos e opositores. Contudo, podemos ter certeza, em nosso coração, de que o mesmo Deus, que lutou com Davi e por Davi, estará conosco em nossos desafios, caminhando lado a lado, sem nos deixar esmorecer e sem deixar de nos guardar: “Eis que não dorme e nem dormita ou cochila, o Guarda de Israel” (Sl 121:4).


AS RIQUEZAS, A GLÓRIA E O DOMÍNIO SOBRE TODAS AS COISAS... Davi reconheceu que tudo que ele havia conseguido, para a construção do Templo, vinha do Senhor, o dono de toda prata e todo ouro (Ag 2:8). Como é maravilhoso saber que Deus usa as Suas riquezas em favor daqueles a quem Ele ama, mesmo que nos percebamos pequenos perante os Seus olhos! Veja o que Jesus disse a Seus discípulos: “...não se preocupem com suas próprias vidas, quanto ao que comer; nem com seus próprios corpos, quanto ao que vestir... Observem os corvos: não semeiam nem colhem, não têm armazéns nem celeiros; contudo, Deus os alimenta. E vocês têm muito mais valor do que as aves!... Não busquem ansiosamente o que hão de comer ou beber; não se preocupem com isso. Busquem, pois, o Reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas” (Lc 12:22-31).


A TODOS DÁ FORÇAS... Davi experimentou, muitas vezes, o cansaço, a fome e a sede em noites e dias escondido no deserto por

causa da perseguição do rei Saul. O Salmo 142 registra alguns desses momentos de angústia: “Clamo a ti, Senhor, e digo: Tu és o meu refúgio; és tudo o que tenho na terra dos viventes. Dá atenção ao meu clamor, pois estou muito abatido; livra-me dos que me perseguem, pois são mais fortes do que eu” (Sl 142:5,6). Quem nunca se sentiu cansado? Quem nunca disse, como Davi: “me vejo muito fraco”? Mas lembre-se: o SENHOR DE TODAS AS COISAS fortalece quem está cansado, dá força aos que se acham enfraquecidos e revigora os que se encontram exaustos. “Ele fortalece o cansado e dá grande vigor ao que está sem forças, mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças... Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam” (Is 40:29,31).




O SENHOR DE TODAS AS COISAS, que detém todo o poder, toda grandeza, toda honra, vitória e majestade, riquezas, glória e domínio, força e formosura, é Aquele que tanto te ama, que entregou o que tinha de mais precioso, para que, agora, com fé e paz no coração, você tenha a liberdade de refugiar-se Nele em qualquer situação. Ele ama você e merece todo o seu amor!


Por: Delma Bastos de Carvalho

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page